<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d25103918\x26blogName\x3dPalavras+%C3%A0+flor+da+pele\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttps://palavrasaflordapele.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://palavrasaflordapele.blogspot.com/\x26vt\x3d8078385548150272900', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
quinta-feira, setembro 27, 2007


ESTE ENDEREÇO MUDOU PARA :






http://www.palavrasaflordapele.zip.net/

http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
http://www.palavrasaflordapele.zip.net/




http://www.palavrasaflordapele.zip.net/

http://www.palavrasaflordapele.zip.net/


http://www.palavrasaflordapele.zip.net/


http://www.palavrasaflordapele.zip.net/
quinta-feira, junho 14, 2007
Mudança de endereço .Blog Novo


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG

Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG


Este endereço mudou para :

MEU NOVO BLOG










Queridos ,

blog novo já está no ar.
O endereço também mudou ok?
Acessem:

http://palavrasaflordapele.zip.net/

bjos,

Fabiana.
domingo, junho 10, 2007
Nada no dia dos namorados.Direto da terra do nada.





Já decidi.A melhor coisa que posso fazer no dia dos namorados ,é trabalhar que nem uma louca ( pra não pensar em mais nada) e dormir beeeeeem cedo.
Pior do que não ter um namorado , é ter um amor que não é nem seu namorado, nem amigo, nem é ficante, nem se encaixa em nomenclatura alguma, ao menos pra consolar..E por favor não me venham com esse papo de " melhor que não amar ninguém".É o Cacete!...
No dia 12 não quero ouvir aqueles discursos que não consolam , sobre "dia tal ser todo dia, portanto não existe dia tal", ou sobre o mundo merda capitalista que empurra a gente pro consumismo desenfreado.
No dia 12 eu não quero ficar azeda mais do que os mil motivos que naturalmente eu tenho pra ficar azeda.Que não venham com gracinha tentando fazer desse um dia mais legal ,porque definitivamente não vai ser ( não pra mim ).
Um ser ultra / ridiculamente romântico como eu, jamais poderia pensar diferente .Eu vou tá enfiada lá no fim do mundo , o cara que eu amo vai tá ha mais de dois mil km de mim ( e ele nem é meu namorado ).E estupidamente queria ser um desses casais que estarão se matando por uma mesa pra jantar.
Eu vou deitar numa cama enorme e sozinha , roer todas as unhas porque eu trocaria quase tudo no mundo pela fila de carros no motel ( com ele, claro).
Eu não vou ganhar nada ( nem ele eu tenho!) e vou pensar que nenhuma rosa comprada nesse universo, foi pra mim.. e claro que a minha vontade lá no fundo era me afogar em qualquer outra dívida feliz da vida, pra dar um presentão pro dito cujo.
A gente pode ser uma pessoa melhor todos os dias sim ( eu me esforço)...mas que mal tem usar uma data pra ser over, pra supervalorizar o que já é legal ,ou fazer aquilo que talvez só precise de uma desculpa ?
O dia dos namorados não vai mudar a vida de ninguém , nem na minha, eu sei. Nem a do cara lá no Acre que acabou de levar o pé na bunda ( já era mesmo), nem a do casal que consegue se entender há 20 anos, menos ainda a vida daqueles que passam o ano inteiro em completa desarmonia.Eu sei, EU SEI, EU SEIII !
Ele ( que infelizmente nem é ELE como eu queria) me disse que terça -feira é um dia nojento e como outro qualquer .Nojento mesmo são os dias que não passam na saudade .Nojenta mesmo é como me sinto , sabendo que a mulher mais boba do universo torna-se mais boba ainda por morrer de inveja dos que podem tá perto de quem ama num dia como qualquer outro, e também no dia dos namorados ( que infelizmente, acho o máximo! ).
segunda-feira, maio 14, 2007
Intimidade.





Uma das coisas mais importantes nas nossas relações afetivas chama-se intimidade.
O grau de intimidade pode se tornar fio condutor do sucesso ou do fracasso dos relacionamentos.Difícil mesmo é enxergar até onde podemos ir , e mais que isso, mudar a direção dos nossos passos ,que quase sempre são largos e seguem uma trilha desastrosa.
O que pode ser dito? Até onde expressar vontades e sentimentos?Afinal , o que é sentir-se íntimo de alguém?
Carinho não basta." Conte comigo pra o que der e vier e vier" não basta.
Amor não basta .E quando é amor de um lado só, é que não basta mesmo.
Dormir na mesma cama não basta. ( nem pelados).
Sexo não basta.Sexo selvagem não basta.Sexo oral também não.
Nem beijo na boca vai adiantar.
É algo que vai além das linhas visíveis que norteiam a maior parte das relações.
A intimidade se quebra ,ou sequer chega a existir ,porque a gente demora a construir uma compreensão a respeito dos nossos sentimentos em relação aos outros e dos sentimentos dos outros em relação a gente.
Intimidade não é questão geográfica , não é fazer cocô de porta aberta , nem são os dez anos que vocês ficaram juntos, nem mesmo o que vocês construíram ( quantas coisas se desfazem num passe de mágica? )
Intimidade não é falar tudo que você pensa porque não se trata apenas de uma descarga de verdades.
Não é contrato, nem vontade.É além...
Cumplicidade.Respeito.Soltar os medos.Ultrapassar o banal.
Perplexidade é o que nos invade quando percebemos que apenas existimos como um pontinho invisivel no universo.Nos descobrimos na mais sem graça superficialidade diante de quem entregamos as chaves pra que morasse dentro da gente.
Eu demorei muito tempo pra entender que além do amor , a coisa mais importante de um relacionamento ( qualquer que seja o tipo de relacionamento ) é a intimidade construída.
Eu resumiria assim : É aquela sensação de que a qualquer hora, haja o que houver , sem lógica ou teoria , alguém vai te "olhar" como se olhasse a sí mesmo, sem que isso jamais implique em desculpas ou justificativas ( de nenhuma das partes).
domingo, maio 13, 2007
Tô viva! :)


É ,tem dias que eu tô devendo algumas palavras por aqui.
Nem é falta de inspiração.É que eu tava concentrada em dois projetos.Os dois acabaram naufragando nesse período que estive ausente. Um definidivamente, outro por enquanto.
O blog vai mudar de cara ( novamente ), esse foi meu projeto adiado, pelo menos pra data que eu programei ( que seria hoje ).Mas logo, logo, isso se arruma ! ( assim espero ).
Hoje não texto, mas eu não posso deixar de dizer deste dia, que ser mãe tem sido a maior , a melhor ,a mais importante e compensadora experiência da minha vida.
Feliz dia das mães pra todas as mães que passam por aqui e pras mamães de todos os meus leitores.
domingo, abril 29, 2007
Valentin




Não vou achar a palavra certa pra escrever sobre Valentin.Há muito tempo eu não via um filme assim e confesso, estou anestesiada. ( no bom sentido ).
De uma delicadeza imensa e ao mesmo tempo profundo naquilo que se propõe,o espanhol Valetin é uma dessas películas onde gente não sente o tempo passar ( embora passe rápido, aproxim. 89 minutos )....
89 minutos de encantamento diante de uma criança cativante....personagem brilhantemente interpretada por Rodrigo Noya.
Família, afetividade, amor, amizade, perdas e sonhos sob o olhar de uma criança - adulta .
Desde o carteiro e o poeta não sinto essa delicadeza e a mágica que causa um grande filme ( sem que pra isso sejam gastos milhões de dólares ).Grande na essência, que é o mais importante.
Continuo reflexiva.Um filme de lagrimas e risos ...onde tudo acontece ( como acontece na vida de qualquer um ), " sem jamais perder a ternura" ( já isso, pena q não aconteça na vida de qualquer um ).
segunda-feira, abril 23, 2007
Em oração



Palmas para vida ! Essa que a gente desperdiça um pouquinho todos os dias , com pensamentos pequenos e os maus sentimentos.
Bendito seja todo bem querer do mundo, ainda que em alguns momentos, faça sangrar e coloque em corda bamba as nossas crenças , essência e use a nossa carne num estado de emergência e libertação ( tantas vezes imaginários).
Olhos abertos pra tudo que é belo , sobretudo aquilo que passa arrastado.Quem nunca ouviu dizer que a felicidade está mais perto do que se imagina?
Viva aos amigos.Nosso ponto de chegada quando cansados.Nossa casa em qualquer tempo e espaço.
Brindemos a fé.A extrema capacidade que temos de plantar sonhos, lutar por eles, e recriá-los.E fazer de cada desejo um bom motivo pra ser mais do que se foi ontem.
Alegria diante da oportunidade que nos ensina a criar raízes, evoluir, construir dentro e fora.Alimentar dentro e fora.
Sorriso largo pra quem não teme a dor e se permite ao profundo da vida, onde muros são demolidos , e um obstáculo não é o fim, é apenas o começo de tudo.
Beijos pra quem passa inteiro.Beijos pra quem sabe que a gratidão é a maior riqueza da alma.Beijos pra quem sai de cena cuidadosamente, sem causar espanto e estrago.Beijos pra quem fez o que ninguém não faria, consciente de suas imperfeições ,culpas e fraquezas.Beijos pra quem se reconhece cedo ou tarde,no irreconhecível.
Aplausos pra qualquer lugar do mundo onde haja alguém sangrado em nome do descaso alheio .Aplausos a quem compreende sua missão, e aos que não desistem de encontrá-la.
Bem aventurado aqueles que ainda acreditam no amor, não como um fim aonde se quer chegar , mas como um parceiro de jornada ( essencial ).
segunda-feira, abril 16, 2007
Pra sempre, o amor.



Pensei que ia ter um troço, parada cardíaca e tudo de ruim que pode acontecer numa madrugada daquelas em que você descobre que um pé na bunda não basta pra espantar sentimentos não correspondidos.
Coisa de mulherzinha ( fraca, claro)! Choro compulsivo , histeria, vontade de procurar o abismo( literalmente ), vontade enforcar o desgraçado e sua laia, vontade de me enforcar ( olha só como o ser humano consegue chegar ao ridículo! ).
Mas aí antes que você pense que vai morrer de paixão como nos filmes ( porque a gente sempre acha que isso é coisa de cinema até acontecer com a gente ), inventaram o tal de " mata leão" , e naquela noite , a ferinha precisou de três.Acho que é isso que tomam quando morre um filho, um marido, alguém especial.Mas por alguém especial vale tudo .Vale sair de sí, vale estancar a dor a qualquer preço, vale apertar a mão da enfermeira, vale ser pequeno . E quando alguém não é especial e a gente naufraga numa dessas de enfrentar "morte em vida" , fazer o que?
A gente sobrevive, lógico.Mas ficam lá aquelas continhas pra acertar com a alma , com as sensações contraditórias, com Deus ( que é, sem nenhuma euforia religiosa nessa constatação), o maior dos confortos.
E depois do fundo do poço sempre tem alguém que vai te perguntar porque acreditar no amor.
Se eu paro pra pensar no sentido da vida , é no amor que eu encontro respostas.Se eu paro pra pensar num sorriso, numa lembrança doce, num segundo em que eu poderia voltar no tempo, é sempre através do amor que eu encontro todas as respostas.
Não quero quase achar que vou morrer de novo.Por nada nesse mundo, por nenhuma causa ( nem as grandes, menos ainda pelas infundadas ) ,nem por amor a quem quer que seja, ( exceto pelo meu amor de mãe que é outra história ).Mas eu quero entrar e campo , noutros jogos e outros jogadores.E continuar sem medo da entrega, do envolvimento , da intensidade ou daquilo que me faz ser exatamente quem eu sou, na imperfeição e no encanto .
Nenhum pedacinho de sentimento me interessa ( eu quero inteiro).
Mesmo ficando velha , ainda que eu precise cicatrizar tantas feridas e renovar meus passos, é no desejo de amor ,o meu abrigo.É lá que eu quero chegar mesmo cansada, pra sempre imaginar que o próximo será " pra sempre".